PASTORAL DA FAMÍLIA

PATRIARCADO DE LISBOA

RSS Feed Facebook Subscreva a nossa Newsletter Contacte-nos

Reflexos do VII Encontro Mundial das Famílias/Milão 2012

Reflexos do VII Encontro Mundial das Famílias/Milão 2012A alegria manifesta-se pelo valor que se dá às pequenas coisas. Num tempo em que há falta de dinheiro nos bolsos, reviver e ensinar o valor da partilha é um gesto sublime de educação em família.

Quando os ventos não são favoráveis à instituição família, o mundo recebeu uma prova de acolhimento e generosidade das famílias de Milão, que abriram as suas portas e assinalaram a importância do trabalho e da festa. E aqui estamos, em cada dia, para testemunhar aos que nos rodeiam o valor e a abrangência do que sentimos e vivemos ao dizer "sim, creio".

Neste domingo, dia 8, o Sector da Pastoral Familiar do Patriarcado de Lisboa apresenta, na Benedita, uma abordagem sobre o que foi o Encontro Mundial das Famílias, que contou com a presença do Santo Padre Bento XVI e onde estiveram famílias e delegações de todos os pontos do mundo.

Destacamos aqui a experiência muito gratificante que foi vivida quer pelas cerca de quarenta mil famílias que abriram as suas portas e acolheram quem não conheciam, quer pelas famílias que foram acolhidas e integradas em ambientes familiares, decerto diferentes do seu próprio contexto do país natal.

Um Encontro Mundial de Famílias só fazia sentido se os visitantes se sentissem acolhidos em família e isso foi possível graças à generosidade de muitos, ou de outra forma essa participação não teria sido possível.

Neste Encontro foi dada grande ênfase ao fenómeno marcante das sociedades de hoje e que se poderá dizer que é transversal, mas muito acentuada na Europa: trata-se do individualismo, do cada um por si, e de várias políticas que olham apenas para os direitos individuais e desprezam as famílias.

Graças à generosidade de muitos, foi possível fazer festa em Milão. Num momento em que se sente uma grande falta de confiança no presente e no futuro, vivendo-se várias convulsões sócio-económicas que arrasam a estabilidade de muitas famílias, esta experiência e este testemunho de abertura são um recurso inesgotável de confiança por parte das famílias e um exemplo de graça oferecido ao mundo.

Estar presente neste domingo, na Benedita, é uma forma de cada um se associar a este Encontro Mundial de Famílias, que decorreu em Milão, e ali darmos as mãos na defesa dos valores em que acreditamos, respondendo, de maneira singela, ao apelo e convocatória de Bento XVI.

Share

Próximos eventos

26Jul.
Qui. Jul. 26, 2018
Dia dos avós
22Ago.