PASTORAL DA FAMÍLIA

PATRIARCADO DE LISBOA

RSS Feed Facebook Subscreva a nossa Newsletter Contacte-nos

Encontro do Patriarca de Lisboa com a Pastoral Familiar da Vigararia de Sacavém

Foto cedida pelo jornal Voz da VerdadeNo âmbito da visita pastoral à vigararia de Sacavém, o Sr. Patriarca, D. Manuel Clemente, encontrou-se no passado dia 18 de Outubro de 2013, com a pastoral familiar desta vigararia. Desta noite partilhamos as notas que tirámos bem como as fotografias que o Jornal a Voz da Verdade gentilmente nos cedeu. Este encontro começou com a caracterização da pastoral familiar nas paróquias da vigararia ao que se seguiu o comentário do sr. Patriarca à Pastoral Familiar. Antes de terminar houve ainda a oportunidade para os presentes colocarem algumas perguntas às quais D. Manuel respondeu.

Notas sobre o comentário de D. Manuel Clemente sobre a Pastoral Familiar

É na família que se aprende o que é a Igreja.

Quando se fala em Pastoral Familiar não se fala de uma especialidade, fala-se de algo geral, transversal a toda a comunidade eclesial. O Papa João Paulo II mencionou "A Igreja há-de ser uma família de famílias".

A Igreja é pensada enquanto família dos filhos de Deus. Filhos do mesmo Deus e irmãos uns dos outros. Aprender a viver em família é essencial na vida da Igreja.

A preparação para o matrimónio começa na infância, na forma como os filhos vêem o casamento dos pais, como estes acompanham os filhos na catequese. Ao longo da vida toda a realidade familiar continua presente e deve trabalhar em "rede familiar".

A nossa sociedade está mal. Com ligações familiares muito frágeis. O próprio matrimónio é tratado como uma espécie de contrato a prazo. Porque se fala de um sacramento, é necessário vivê-lo em Cristo, é necessário estar disponível para servir os outros, para aprender a viver à maneira de Jesus Cristo: "se se casarem, casem-se em Cristo" como dizia S. Paulo.

Assim, na nossa ação pastoral importa refletir sobre cada uma das seguintes perguntas:

  • Em cada um desta comunidade, acontece ou não a presença da dimensão familiar?
  • Olhamos para os paroquianos à peça ou no contexto familiar?
  • Pensamos ou não na vivência familiar de cada pessoa?
Share

Próximos eventos

03maio
Dom. maio 03, 2020
Dia da Mãe
10maio
Dom. maio 10, 2020
Semana da Vida
07Jun.
Dom. Jun. 07, 2020
Festa Diocesana da Família