PASTORAL DA FAMÍLIA

PATRIARCADO DE LISBOA

RSS Feed Facebook Subscreva a nossa Newsletter Contacte-nos

A Esperança de Ana

A Esperança de Ana

O projecto "A Esperança de Ana" é um caminho de recuperação espiritual e psicológica na dor da infertilidade ou da perda de um filho durante a gravidez. 

“Seu marido dizia-lhe: «Ana, porque choras? Porque não comes? Porque estás triste? Não valho para ti tanto como dez filhos?» (...)
E fez um voto, dizendo: «Senhor do universo, se te dignares olhar para a aflição da tua serva e te lembrares de mim, se não te esque­ceres da tua serva e lhe de­res um filho varão, eu o consagrarei ao Senhor, por todos os dias da sua vida, e a nava­lha não passará sobre a sua cabeça.» (...)
Eli respondeu: «Vai em paz e o Deus de Israel te conceda o que lhe pedes.» Ana respondeu: «Que a tua serva mereça o teu favor.» A mulher foi-se embora, comeu e nun­ca mais houve tristeza em seu rosto.” 
1 SAMUEL 1 


 Flyer do projecto disponível para consulta aqui.

Contactos:

  • Tel. - 926748886
  • Email - Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Poderá consultar mais informação na página do facebook

Encontro Matrimonial

Encontro Matrimonial

É um movimento que tem como objetivo melhorar a relação dos casais, através de uma comunicação mais aberta e responsável, dando sentido ao amor entre um homem e uma mulher. Também se destina a sacerdotes e religiosas(os), tendo em vista a relação destes com as suas comunidades. EM (Encontro Matrimonial) afirma-se um movimento cristão e católico, mas respeita as convicções de todos, na certeza da importância de uma relação estável e dialogante.

Ler mais: http://www.encontromatrimonialdeportugal.com/

O Movimento Famílias Novas

O Movimento Famílias NovasO Movimento Famílias Novas é um ramo do Movimento dos Focolares nascido em 1967. Este movimento de famílias é composto por casais e pessoas de todo o mundo que se propõem viver na própria família a espiritualidade da unidade mantendo o amor sempre aceso em casa para irradiar no mundo os valores que, tendo sido doados por Deus à família, promovem na sociedade, generosamente e sem tréguas, a fraternidade universal. Desenvolve atividades formativas para a família e de acompanhamento para namorados/noivos; tem uma atenção especial por casais em crise, viúvos, separados e casais em situação irregular; empenha-se na promoção de uma cultura da família que suscite adequadas políticas familiares; promove encontros e usa os meios de comunicação ao seu alcance; colabora com diversas agências educativas.

O Movimento de Comunhão e Libertação

Comunhão e Libertação é um movimento eclesial cujo objetivo é a educação cristã dos seus membros no sentido da colaboração com a missão da Igreja em todos os âmbitos da sociedade.

Nasceu na Itália, em 1954, quando Monsenhor Luigi Giussani (1922-2005) deu início, no Liceu clássico “Berchet” de Milão, a uma iniciativa de presença cristã que usava a precedente sigla Juventude Estudantil (Gioventù Studentesca – GS).

Continuar... O Movimento de Comunhão e Libertação

Equipas de Nossa Senhora

Equipas de Nossa SenhoraA 25 de fevereiro de 1939, teve lugar em Paris a 1ª reunião de 4 casais e um sacerdote, na altura chamado “Grupo de Nossa Senhora de todas as alegrias”. Foi este o início do Movimento das Equipas de Nossa Senhora (ENS), um movimento de espiritualidade conjugal, pela mão do Pe. Caffarel. Nasce aqui o modelo para o futuro do Movimento, em que um grupo de cinco a sete casais se reúne mensalmente com a presença de um sacerdote, o seu Conselheiro Espiritual, num encontro de oração, partilha e estudo de um tema de formação cristã. À medida que vão surgindo novos grupos de casais, há a necessidade de uma regra para este novo movimento e assim surge em 1945 a Carta das ENS. No seu preâmbulo surgem as grandes linhas de orientação do Movimento: entreajuda entre os casais unidos pelo Sacramento de Matrimónio em ordem a caminharem para a santidade pelo caminho que lhes é próprio. Para isso, os casais precisam do apoio de uma equipa, apoiada por uma mística, a qual se articula em dois eixos: entreajuda e testemunho. A entreajuda é para o conhecimento de Deus e as vias que conduzem à nossa união com Ele, é para conhecermos os seus desígnios relativamente sobre as grandes realidades do amor, do casamento, da sexualidade, da paternidade, da educação. Mas não se trata apenas de O conhecermos, mas antes de O encontrarmos. Esta entreajuda espiritual, fundamental, assenta numa entreajuda material no seio da equipa, conduzindo ao testemunho. É esta a vocação do casal cristão, a de testemunhar o amor que vive e a sua fonte divina. A união conjugal surge assim como uma forma particular de união a Deus e as suas diferentes formas de expressão têm a sua origem objectiva no Sacramento do Matrimónio.

Se falarmos em referências para o Pe. Caffarel e por conseguinte para o Movimento, surgem imediatamente duas, um casal católico francês, Pierre e Mireille Dupouey, testemunho de uma espiritualidade conjugal vivida na prática e São Francisco de Sales, fundador de uma verdadeira espiritualidade para o séc. XVII, com repercussões até hoje.

Em Portugal o Movimento surge em 1955, contando actualmente com mais de 1 100 equipas e mais de 700 Conselheiros Espirituais. Está em mais de 70 países de todos os continentes, com mais de 130 000 membros.

Site: http://www.ens.pt/

Verbum Dei

Verbum DeiVerbum Dei (trabalho no âmbito da pastoral familiar)

A Família Missionária Verbum Dei (FaMVD) é, como o seu nome indica, uma "Família" profundamente “missionária” ao serviço da Palavra de Deus, formada por homens e mulheres de todos os estados de vida. Os membros desta Família, movidos pela mesma missão e espiritualidade, procuram seguir Jesus e transmitir a vida e o amor de Deus a todos os povos.

O trabalho com as famílias faz-se aos mais diferentes níveis e o seu objetivo principal é possibilitar que:

  • As pessoas se encontrem com Deus e descubram a sua identidade de filhos e a vivam;
  • Relativamente ao casal, que os esposos vivam plenamente o sacramento do matrimónio, nas suas diferentes dimensões.

Assim, a FaMVD acompanha as pessoas através de grupos de jovens, adultos e casais, realiza encontros, ações de formação a diferentes níveis e retiros de silêncio também para famílias com atividades paralelas para as crianças. Tudo isto procura que, ao longo da sua vida, a pessoa vá construindo uma relação mais profunda e interpelante com Deus e possa adquirir as ferramentas necessárias para descobrir a sua vocação pessoal e tenha capacidade de a viver.

A FaMVD quer proporcionar a cada pessoa a possibilidade de:

  • Viver o Evangelho na sua realidade concreta;
  • Nas diferentes encruzilhadas da sua vida, ser apoiada no discernimento e na tomada de decisões,
  • Descobrir, através da oração e do acompanhamento comunitário, qual o melhor modo de concretizar o sonho de Deus para si.

A FaMVD, sendo profundamente missionária tem como objetivo ajudar a que cada um, na medida das suas possibilidades, transmita aos outros aquilo que recebeu, tendo a consciência que o melhor evangelizador é aquele que proclama o que vive.

Site: http://lisboa.verbumdei.org/

Calendário de actividades

Mini-Cursilhos de Cristandade

Mini-Cursilhos de CristandadeOs Cursilhos de Cristandade, que são organizados com separação de sexo, promovem uma vivência pessoal muito especial, um verdadeiro encontro com Deus que nos ama, e como tal, só por acaso os membros de um casal o viveriam de igual modo e passariam a ter as mesmas necessidades de oração e sentiriam o ardor apostólico com a mesma intensidade.

Para colmatar esses naturais desequilíbrios foi pois necessário criar um instrumento que, não só minimizasse as diferenças, mas que fosse capaz de conduzir o casal para um diálogo conjugal feito com abertura, humildade e aceitação do outro tal como ele é.

Assim, desde Dezembro de 1967, passaram a realizar-se com regularidade encontros a que chamamos Mini-Cursilhos destinados a casais que tenham participado em Cursilhos de Cristandade, e que se orientam em torno dos seguintes temas:

  • O Matrimónio como caminho de santidade.
  • Os Sacramentos e o diálogo conjugal.
  • Diferenças psicológicas.
  • Sexualidade e fecundidade.
  • Família comunidade educativa
  • O casal, os outros e a espiritualidade.

Os Mini-Cursilhos têm uma duração de dois dias (habitualmente sábado e domingo) e anualmente são organizados dois ou três na Diocese de Lisboa.

Próximos eventos

31maio
Sex. maio 31, 2019
Dia dos irmãos
01Jun.
Sáb. Jun. 01, 2019
Dia da criança
16Jun.
Dom. Jun. 16, 2019
Festa Diocesana da Família
26Jul.
Sex. Jul. 26, 2019
Dia dos Avós