PASTORAL DA FAMÍLIA

PATRIARCADO DE LISBOA

RSS Feed Facebook Subscreva a nossa Newsletter Contacte-nos

Pastoral Familiar – Por onde começar?

Pastoral Familiar – Por onde começar?Por diversas vezes somos abordados por pessoas da nossa diocese demonstrando entusiasmo com a Pastoral Familiar e reiterando a importância de valorizar o papel das famílias na sociedade. Porém, é frequente dizerem-nos que não sabem bem por onde começar a trabalhar, uma vez que se trata de um campo de ação muito vasto.

Efetivamente, “a seara é grande” (Mt 9, 37). Para perceber o que fazer, sugerimos recorrer ao método “ver, julgar e agir”, que pressupõe olhar as situações concretas da realidade familiar da sua área pastoral (Paróquia, Vigararia, Grupo ou Movimento), confrontar essas situações com a Palavra de Deus e identificar prioridades de ação, e dar uma resposta pastoral em conformidade. Quer isto dizer que não há receitas. É necessário que se realize um caminho de discernimento para perceber o que faz mais sentido em cada momento.

Para quem está a começar, sugerimos recorrer aos assentos paroquiais de casamentos e contactar os casais que celebram 10, 25, 50 ou mais anos de matrimónio, verificando se ainda permanecem juntos e convidando-os a celebrar o seu jubileu numa cerimónia diocesana, durante a Eucaristia da Festa da Família, que será presidida pelo Sr. Patriarca, em Torres Vedras, no dia 27 de maio de 2018. Com este gesto simples podemos tocar muitas famílias – pode ser a oportunidade de que muitos necessitavam para se aproximar da Igreja e dar espaço a Deus, no seu coração e na sua vida.

Para as comunidades que já têm aquela prática, reforçamos o desafio de acompanhar as famílias e promover espaços de encontro, oração, debate e partilha de vida. Adicionalmente, apelamos à articulação entre os vários grupos da comunidade para promover a família, nomeadamente na catequese e em grupos de namorados. 

Para quem desejar saber mais, o Sector Diocesano da Pastoral Familiar disponibiliza formação inicial para agentes de pastoral familiar e módulos de aprofundamento.  

Catarina Fortes


Ainda na edição do Familiarmente deste mês de novembro:

Casal em Missão: quando vamos a África ou em toda a nossa vida?

ComTributo à Igreja - novembro 2017

Vai acontecer

Share