PASTORAL DA FAMÍLIA

PATRIARCADO DE LISBOA

RSS Feed Facebook Subscreva a nossa Newsletter Contacte-nos

A Festa da Família

A Festa da FamíliaQuem não gosta de ir a uma festa? Quem não gosta de viver a alegria do encontro e partilhar caminhos de felicidade?

Referimo-nos à Festa da Família cuja preparação já está em marcha, envolvendo uma equipa central e outra equipa local, constituída por muitas pessoas de Torres Vedras.

Lembremo-nos que esta Festa da Família, que vai ter lugar a 27 de Maio em Torres Vedras assenta na alegria do encontro de muitas famílias que querem dizer ao mundo que a sua vida é feita de alegrias e de trabalhos, mas que na dor encontram a presença anímica de Jesus.
Se nem tudo são rosas, como é normal, em qualquer casal e família, as alegrias são vividas e testemunhadas como caminho bom de realização humana. Até porque o homem é um ser criado para a relação e complementaridade entre homem e mulher, para a constituição de um lar e de uma família.
Em Torres Vedras, como por exemplo em Mafra e em Alcobaça, onde já estivemos, queremos testemunhar uma Igreja viva de pessoas - casais, pais, filhos, avós, netos - que formam a sua personalidade na família, aprendendo a dizer SIM no humanismo cristão e a dizer NÃO a tudo o que nos afasta de Deus.
Há, porém, muitas pessoas que se deixam vencer pela azáfama do dia a dia, das exigências dos horários e das responsabilidades profissionais. Ora o "segredo" é apenas fazer uma boa gestão do tempo e em diálogo definir prioridades. Não vá acontecer como nas bodas de Caná em que faltou o vinho - elemento importante daquela festa - mas que com a presença e o amor de Jesus, todo o sentido da festa mudou: foi o "vinho novo" que apenas por Jesus ali chegou a todos.
É nesse espírito de cristãos - cada um com a sua história de vida - que o nosso Bispo, Senhor Patriarca se vai encontrar com com muitos casais na celebração das suas bodas matrimoniais. Assinalar 10, 25 ou 50 anos de matrimónio é fazer uma festa especial.
O matrimónio é, afinal, o sacramento que une marido e mulher num íntimo vínculo com Deus e com a Igreja. A partir daqui, deste sacramento, muitos momentos de graça de outros sacramentos têm lugar e merecem ser festa.
Não faltemos, então à Festa da Família em Torres Vedras e ali faremos um enorme encontro da famílias que, no seu percurso individual, têm muitas similitudes com tantas outras famílias desta diocese e ali são chamadas a participar.

Diác. JPauloRomero

Share