PASTORAL DA FAMÍLIA

PATRIARCADO DE LISBOA

RSS Feed Facebook Subscreva a nossa Newsletter Contacte-nos

Creio no Espírito Santo

Creio no Espírito Santo"Eu vos enviarei o Paráclito e vós o conhecereis, porque permanecerá convosco e estará em vós (cf. Jo 14. 15)"

Dizer "Creio no Espírito Santo" é manifestar a nossa fé, porque acreditamos que desde o princípio de todas as coisas, quando Deus Pai envia o Seu Filho Jesus, envia também o Seu Espírito Criador e Consolador.

Continuar... Creio no Espírito Santo

Crer em Jesus, Filho de Deus

Crer em Jesus, Filho de Deus "A minha doutrina não é minha, mas daquele que me enviou. Eu é que O conheço, porque procedo d'Ele e foi Ele que me enviou. (Jo 7, 16.29)"

Como conhecemos Jesus? Deixamos que Ele entre nas nossas vidas, na nossa família? Neste Advento, acolhemos e anunciamos Deus que assumiu forma humana e que se fez um de nós para nos indicar o caminho, a verdade e a vida?

Continuar... Crer em Jesus, Filho de Deus 

Crer em Deus

Crer em DeusTodos nós procuramos um sinal de Deus e não invariavelmente dizemos "Graças a Deus", sem nos darmos conta do verdadeiro sentido destas palavras. Deus Pai Todo-Poderoso e Criador do Céu e da Terra quer ser Alguém em quem nós acreditemos e em quem nós possamos por toda a nossa confiança.

Continuar... Crer em Deus

Deus Pai, Filho e Espírito Santo

Deus Pai, Filho e Espírito SantoA Fé Cristã é muito complexa, dizem os mais afastados. Numa catequese da família e em família, há que ir ao princípio e dar a conhecer as coisas básicas, os fundamentos da nossa Fé.

Ao traçarmos o sinal da cruz sobre nós, quando nos benzemos, estamos a anunciar a nossa fé em Deus Pai, no seu Filho Jesus e no Espírito Santo. Este é já um momento de louvor a Deus e oração para obter os seus dons. Criamos, neste gesto, uma intimidade com Deus que nos anima no dia que começa, ou que nos aconchega no descanso que procuramos à noite, ao deitar.

Continuar... Deus Pai, Filho e Espírito Santo

Como é ser pai ou mãe hoje em dia?

Como é ser pai ou mãe hoje em dia?Ser pai ou mãe é a tarefa mais nobre e empolgante do mundo: é gerar uma vida, é criar um ser, é moldá-lo de acordo com as nossas convicções e costumes, é ainda prolongar o nosso próprio ser.

No entanto, ser hoje pai ou mãe pode ser verdadeiramente cansativo ou pode gerar stress e algum desespero, quando há que lidar com as teimosias e conflitos dos filhos: de manhã custa muito o acordar e levantar, depois segue-se a birra habitual porque não querem vestir a roupa que se destinou de véspera e no final do dia (quando o cansaço dos pais mais se faz sentir após um dia de trabalho) recusam-se a tomar o duche, ou não querem sair da casa de banho e atrasam ainda mais o jantar, conseguindo estabelecer uma "guerra" que se prolonga até à hora de deitar.

Continuar... Como é ser pai ou mãe hoje em dia?