PASTORAL DA FAMÍLIA

PATRIARCADO DE LISBOA

RSS Feed Facebook Subscreva a nossa Newsletter Contacte-nos

O que é estar grávido(a)?

O que é estar grávido(a)?Estar grávido começa muito antes de vermos o teste de gravidez positivo. Começa com o sonho de fazer crescer o nosso amor de casal e de o partilhar, gerando uma nova vida. Como casal, sentimos que temos uma vida cheia, rica em dons, amigos, família, e que tudo isso podemos agradecer a Deus. Um filho é uma expressão incrível do nosso amor, que nos abre ao mundo e nos convida a não nos fecharmos em nós próprios, na nossa vida e projetos pessoais, um sonho que Deus vai fazendo crescer no nosso coração.

Quando soubemos que estávamos grávidos, sentimos um turbilhão de sentimentos, uma felicidade imensa, um nervoso miudinho e uma vontade enorme de partilhar com os outros a alegria transbordante que trazíamos por dentro. Mas sentimos também a seriedade do compromisso para a vida, o medo de que algo não corra bem, a dúvida se seremos capazes de ser bons pais…

Estar grávido tem sido, por isso, um longo caminho de preparação. A natureza é sábia, dá-nos 9 meses para nos prepararmos, para tomarmos consciência de tudo o que aí vem. À medida que a barriga vai crescendo e o corpo se vai preparando fisicamente, tem havido também uma preparação espiritual, psicológica, muito se desenvolve no nosso interior, talvez menos visível mas tão ou mais importante que a preparação física! Que pais queremos ser? Que valores queremos passar? Que qualidades nossas temos de desenvolver para sermos melhores pais? Que exemplos queremos dar? Que opções vamos fazer e que presença queremos ter na sua educação, no seu acompanhamento? Com Deus, temos procurado estas respostas mas sabemos que há muito que também iremos aprender ao longo da vida, no papel de pais!

Corremos o risco de querer evitar que ele cometa os erros que nós cometemos, que faça ou seja aquilo que nós sonhámos e nunca conseguimos, de olhar para o nosso filho apenas como um reflexo de nós próprios. Para nós, tem sido muito importante a consciência de que geramos uma vida para o mundo, alguém que não é apenas nosso, mas principalmente de Deus, e que com Ele construirá o seu caminho próprio, terá os seus sonhos, as suas desilusões e as suas conquistas, mas que faremos o possível e o impossível por acompanhar neste caminho!

O nosso filho Sebastião vai nascer na época do Natal. Uma época de celebração, de juntar a família, de bons momentos, e principalmente de agradecimento pelo nascimento de Jesus, aquele que queremos que seja o nosso modelo. Para nós, a partir deste Natal, tornar-se-á ainda mais especial pelo nascimento do nosso filho, e pela alegria que, tal como Jesus, ele traz à nossa vida!

Agradecemos a vida de todos os que desde cedo se envolveram na chegada desta nova vida: os avós, toda a família, amigos e comunidade que acolheram e têm vivido connosco a preparação da chegada deste bebé tão esperado. Obrigado!

Marta e Pedro Paulino

Publicado na rubrica Familiarmente do Jornal Voz da Verdade de 14 de Dezembro de 2014

Outros artigos da rubrica Familiarmente deste mês:

 

Share

Próximos eventos

27maio
Dom. maio 27, 2018
Festa Diocesana da Família
31maio
Qui. maio 31, 2018
Dia dos irmãos
01Jun.
Sex. Jun. 01, 2018
DIa da criança
26Jul.
Qui. Jul. 26, 2018
Dia dos avós
22Ago.