PASTORAL DA FAMÍLIA

PATRIARCADO DE LISBOA

RSS Feed Facebook Subscreva a nossa Newsletter Contacte-nos

Igreja, Família de Famílias

Igreja, Família de FamíliasEsta expressão faz-nos olhar “com outros olhos” para a Igreja – e para a nossa diocese em particular.

Em primeiro lugar, recorda-nos que a Igreja é como uma mãe - acolhe, protege, orienta. E cumpre este seu papel por obediência amorosa ao seu esposo, Cristo, que veio revelar que somos todos Filhos adotivos de Deus Pai. Ora, se somos todos Filhos adotivos deste Pai que muito nos ama, pela graça do Espírito Santo, somos irmãos em Cristo. Somos pois, uma grande família!

Continuar... Igreja, Família de Famílias

Da Páscoa brota a vida para a Família

Da Páscoa brota a vida para a FamíliaO grande anúncio cristão é a morte e ressurreição de Jesus que nos revela plenamente o plano salvífico de Deus. Perante este kerygma só podemos olhar para a vida de todos como dom especial criado para a comunhão com Deus, o que a faz verdadeiramente sagrada. Como realidade sagrada que é, tem de ser respeitada e bem tratada na sua integralidade, da conceção à morte, pois desde a conceção que somos criaturas de Deus que vivem todo o percurso na história como um caminho de conversão que nos prepara para a nossa páscoa pessoal que será o momento da nossa morte. Assim, o respeito pela vida interpela-nos particularmente neste mês, em que nos aproximamos da Páscoa do Senhor, pelo que neste familiarmente de Abril apresentamos algumas propostas através das quais podemos afirmar na sociedade a urgência de uma cultura pela vida. Propomos também uma catequese doméstica que nos convida a seguir Jesus com a nossa vida, descobrindo a Sua Páscoa como manifestação radical do amor de Deus. Apresentamos ainda um testemunho de como uma família celebra o mistério pascal, fazendo acontecer a Páscoa de Jesus no seu dia-a-dia.

Publicado na rubrica Familiarmente do Jornal Voz da Verdade de 13 de Abril de 2014.

Outros artigos da rubrica Familiarmente deste mês:

Pela Vida

Pela VidaHá dias um amigo falou-me da iniciativa Um Dia pela Vida. Todos nós conhecemos genericamente o âmbito da Liga Portuguesa contra o Cancro, mas desta iniciativa que congrega muitos entusiastas pela vida, que não se deixam abater e que querem dar ânimo aos mais fragilizados pela doença, muito pouco se sabe.

Dar esperança é dar Vida, nas mais variadas formas, e é reconfortante constatar que múltiplas iniciativas como passeios, feiras de artesanato, jantares, bailes, venda de doces ou teatro, congregam a esperança de que aqueles que foram levados pelo cancro não serão esquecidos e aqueles que estão a combater o cancro serão apoiados.

Continuar... Pela Vida

Muitas Felicidades, Muitos Anos de Vida!

Muitas Felicidades, Muitos Anos de Vida!“Parabéns! Que o Senhor te proteja e guarde por muitos anos.” Esta é uma expressão habitual de quem se alegra pelo aniversário de um parente ou amigo: louvamos e bendizemos a Deus pelo dom da vida, pedindo-Lhe que o livre de todos os perigos para que tenha sempre uma vida plena. A par da alegria da festa da Apresentação do Senhor, que celebrámos no passado domingo, vamos agora preparar o nosso coração para o dia 25 de Março, em que rezamos em louvor e súplica pelo dom da vida, relativamente às crianças que estão no seio materno – Dia Mundial da Criança Concebida.

Continuar... Muitas Felicidades, Muitos Anos de Vida!

A família e as relações de vizinhança

A família e as relações de vizinhançaEste mês abordamos o tema da Família e as relações de vizinhança. Este é um tema muito atual e que nos ajuda a concretizar de que forma a fé atua pela caridade.

Na reflexão mensal partilhamos uma estória de família na qual muitos se reverão e que procura recordar o quão importante é estar atento às necessidades do outro e disponível para ajudar no que for necessário. Isto mesmo aprofundamos na rubrica catequese doméstica, que nos ajuda a refletir sobre o desafio que Cristo nos deixou de nos fazermos próximos uns dos outros.

Continuar... A família e as relações de vizinhança

Uma prenda de Natal

Uma prenda de NatalHá várias hipóteses para uma prenda de Natal, mas certamente aquela que a todos toca é a generosidade de nos darmos aos outros.

Os catequistas bem sabem que, longe de se fomentar o consumismo, a preocupação é transmitir o maior valor cristão que é o amor, na generosidade do dar-se em tempo, em atenção, em carinho para com os mais desfavorecidos. E aqui referimo-nos não só aos mais desfavorecidos materialmente, mas também aos que estão em clara desvantagem de companhia e atenção: destacamos os idosos e os doentes, para quem uma hora leva o dobro ou o triplo da duração.

Continuar... Uma prenda de Natal

NATAL - época de consumo ou de partilha?

NATAL - época de consumo ou de partilha?Quem de vós, desejando construir uma torre, não se senta primeiro a calcular a despesa, para ver se tem com que terminá-la? Não suceda que, depois de assentar os alicerces, se mostre incapaz de a concluir e todos os que olharem comecem a fazer troça, dizendo: Esse homem começou a edificar, mas não foi capaz de concluir" Lc 14, 29-31

O mundo actual regista a presença de algumas culturas de matiz religioso que não empenham o ser humano na comunhão, mas isolam-no na busca do bem-estar individual, limitando-se a satisfazer os seus anseios psicológicos. Caritas in Veritate nº 55

Continuar... NATAL - época de consumo ou de partilha?

A Família, lugar de acolhimento à Vida

A Família, lugar de acolhimento à VidaEste mês, em que celebramos o nascimento do nosso Salvador, Jesus, é ocasião propícia para recordar que toda a vida é um dom precioso, que é necessário acolher e cuidar! Perante este dom precioso, Deus chama-nos a crescer e multiplicar-nos, cooperando no Seu plano criador. Só na relação entre homem e mulher é possível este bem: é na relação entre diferentes que se gera a vida. A complementaridade, necessária à procriação, é também um bem fundamental ao longo da vida, e está patente na Família, onde que se encontram a criança, o jovem, o adulto e o idoso. O convívio intergeracional que a família proporciona ajuda-nos a reconhecer o caráter intergeracional da vida humana e a compreender que todos têm os seus dons específicos e que devem ser amados na sua unicidade. Assim, acolher a vida é também acolher o outro, partilhando as suas descobertas, a sua sabedoria e o seu caminho de fé.

Continuar... A Família, lugar de acolhimento à Vida

Próximos eventos

06maio
Dom. maio 06, 2018
Dia da Mãe
14maio
Seg. maio 14, 2018
Semana da Vida
15maio
27maio
Dom. maio 27, 2018
Festa Diocesana da Família
31maio
Qui. maio 31, 2018
Dia dos irmãos