PASTORAL DA FAMÍLIA

PATRIARCADO DE LISBOA

RSS Feed Facebook Subscreva a nossa Newsletter Contacte-nos

O ano de 2012 com a Família

O ano de 2012 com a FamíliaUm ano que terminou e deixou marcas pelas intervenções a favor da família. Seguimos esta caminhada de testemunho d’Aquele em quem confiamos, na certeza de que assumir a vida como mistério de fé é a resposta do homem crente à manifestação do amor de Deus.

O ano de 2012 foi muito marcado em todo o mundo pelas questões que afetam a Família. Segundo Bento XVI, é incontestável, especialmente no mundo ocidental, a “crise” que ameaça a família “até nas suas próprias bases”.

Continuar... O ano de 2012 com a Família

Da Fé à Caridade

Van GoghNa Carta aos Hebreus: «Prestemos atenção uns aos outros, para nos estimularmos ao amor e às boas obras» (10, 24), esta passagem bíblica oferece um ensinamento precioso e sempre atual sobre três aspetos da vida cristã: prestar atenção ao outro; estimular a reciprocidade; e procurar alcançar a santidade pessoal. Esta frase aparece inserida numa passagem onde o escritor sagrado exorta a ter confiança em Jesus Cristo como Sumo Sacerdote, que nos obteve o perdão e o acesso a Deus. Também hoje Deus nos pede para sermos o «guarda» de cada um dos membros das nossas famílias, para estabelecermos relações caracterizadas por uma recíproca solicitude, pela atenção ao bem do outro e a todo o seu bem. A atenção ao outro inclui que se deseje, para ele ou para ela, o bem sob todos os seus aspetos: físico, moral e espiritual. Parece que a cultura contemporânea perdeu o sentido do bem e do mal, sendo necessário reafirmar com vigor que o bem existe e vence, porque o bem é aquilo que cria, protege e promove a vida, a fraternidade e a comunhão.

Continuar... Da Fé à Caridade

Quantos somos, quem somos

Quantos somos, quem somos  À procura de sabermos quem somos, incutimos em cada membro da família a dimensão de gratuidade e de autonomia. Formar para que o outro cresça é tarefa de todo o educador e este tempo de férias é um tempo por excelência para tornar este objectivo numa realidade.

Formar para a vida e deixar marcas dessas experiências que perdurem no tempo e possam ser transmitidas a outras gerações, é um caminho que se percorre na entrega e na partilha.

“Quem semeia pouco também colherá pouco e quem semeia abundantemente também colherá abundantemente” (2Cor 9, 6)

Continuar... Quantos somos, quem somos  

Não deixes para amanhã o que podes fazer hoje!

Não deixes para amanhã o que podes fazer hoje!Hoje, mais do que nunca, temos de dar ouvidos aos mais velhos; àqueles cuja experiência de vida nos pode alertar para os perigos do facilitismo e do “ter mais olhos que barriga”. Preparar o futuro é uma obrigação de sempre e as gerações mais novas já perceberam que os mais velhos não estão a acautelar o seu amanhã. Se nos regozijamos com o que conseguimos construir, como reagimos à onda de destruição das coisas e da pessoa humana? Há que acreditar no homem mas, para isso, há que viver o Evangelho, transmitindo ao mundo a beleza da novidade da vida cristã.

Continuar... Não deixes para amanhã o que podes fazer hoje!

Bicho-carpinteiro

Bicho-carpinteiroA mudança de atitude perante a vida, associada a uma forma mais humana de estar no mundo, faz parte da consciência cristã na evolução do carácter humano. Porém, o ponto mais sensível é perceber a necessidade de nos despirmos de uma "cultura do bem-estar" que nos deixa preguiçosos, egoístas e sem coragem para o bom combate.

Continuar... Bicho-carpinteiro

Pentecostes

Pentecostes"Ninguém é capaz de dizer Jesus é Senhor, a não ser pela ação do Espírito Santo" (1 Cor 12, 3).

Na festa do Pentecostes completam-se os cinquenta dias do mistério pascal e a liturgia assinala a vinda do Espírito, como princípio de uma vida nova para o Povo de Deus, como fator de transformação dos batizados, os quais, repletos do Espírito Santo, serão fontes de vida e de salvação para todos os povos.

Para melhor compreender todo o âmbito da vinda do Espírito Santo e da festa do Pentecostes, recomendamos a leitura e meditação do cap. 20 do evangelho de S. João. Jesus deu aos Apóstolos o Espírito Santo com a riqueza dos seus dons: "Recebei o Espírito Santo. Àqueles a quem perdoardes os pecados, ser-lhes-ão perdoados; àqueles a quem os retiverdes ser-lhes-ão retidos." (Jo 20, 23).

Continuar... Pentecostes

Reescrever o caminho de vida

Reescrever o caminho de vidaA diminuição dos rendimentos da generalidade das famílias portuguesas, nestes últimos tempos, tem obrigado a um redireccionamento dos gastos e à supressão de muitos hábitos de consumo.

Dos vários estudos de mercado e sondagens, apurámos que muitos portugueses têm vindo a optar por produtos de marca branca em detrimento de outros. "Estamos mais atentos aos preços e comparamos as promoções", dizem-nos algumas famílias. Estes exercícios de equilíbrio financeiro são feitos ao nível dos mais variados produtos de géneros alimentares, higiene e bebidas, entre elas o leite. Já em relação aos medicamentos, a generalidade dos inquiridos diz que vai passar a usar genéricos. O mesmo acontece também ao nível dos combustíveis, pois em muitos casos a viatura própria é o meio imprescindível para a distribuição dos vários elementos da família pelos seus destinos diários.

Continuar... Reescrever o caminho de vida

Um percurso. Uma decisão

Um percurso. Uma decisãoAquelas dores insidiosas, outra vez. Como dentadas. Cada vez mais acentuadas, cada vez mais frequentes.

Não se pode dizer que não tivesse sido avisado.

- "O que é que andaste a bulir, hoje? Não te devias esforçar, António! Andas a dizer que largas o leme mas, se calhar, quando o fizeres não vais a tempo de gozar o resto do passeio de barco..."

Continuar... Um percurso. Uma decisão