PASTORAL DA FAMÍLIA

PATRIARCADO DE LISBOA

RSS Feed Facebook Subscreva a nossa Newsletter Contacte-nos

As Relações Familiares

As Relações FamiliaresTalvez tenhamos sido ricos ou talvez tenhamos sido pobres, quando era criança. O que sei é que nos sentíamos ricos. Porque havia sempre amor e havia sempre surpresas, dizia uma jovem mãe, lembrando os tempos da sua infância, ao mesmo tempo que sublinhava algumas notas num manual de pedagogia infantil:

A organização familiar mudou muito nos últimos tempos. Os pais não deixam os filhos brincar na rua, devido aos perigos que há nas grandes cidades, não há aventuras nem descobertas no mundo exterior.

Continuar... As Relações Familiares

A Internet numa visão mais global do mundo

A Internet numa visão mais global do mundoO uso da Internet está já tão interiorizado nos comportamentos dos nossos jovens que faz parte do seu quotidiano, quer por motivos de estudo (pesquisa ou aprofundamento de temas), quer em momentos de lazer.

Convém, no entanto, alertar os pais e educadores no geral, para os perigos dos conteúdos impróprios, contactos indesejáveis e arriscados, ou até acesso a um tipo de comércio que nada tem de ético. Este é o lado mais escuro das NOVAS TECNOLOGIAS.

Continuar... A Internet numa visão mais global do mundo

A solidariedade está em cada um de nós

A solidariedade está em cada um de nós

Abundância ou privação? O equilíbrio das famílias passa por valorizar o pouco que se tem, e desse pouco saber fazer muito. Nos momentos de crise sente-se mais a solidariedade, mas é preciso ensinar a ser solidário, ensinar a que cada um saiba sair de si mesmo para ir ao encontro do outro. Não é assim também no casamento e na construção da família?

O desafio é então da tempestade saber fazer a bonança, descobrindo o amor na partilha. E assim se exprime a extraordinária misericórdia de Deus para com o Homem carecido de tudo.

Continuar... A solidariedade está em cada um de nós

Não se leva a faca à boca

Não se leva a faca à bocaDurante o tempo de férias, conseguimos estar mais tempo e de uma forma mais descontraída com os nossos filhos, sobrinhos, afilhados e até netos. É um tempo que normalmente aproveitamos para estreitar laços familiares, revendo-nos e muitas vezes surgem expressões como "estás mais alto", ou "que diferente estás!" e "que alegria em que passes estes dias de férias connosco".

Felizes daqueles que podem passar uns dias de férias com os pais e avós, porque guardarão nas suas memórias os momentos de partilha, de diálogo e de confronto com outras maneiras de estar e sentir, o que contribui para o crescimento dos nossos jovens.

Continuar... Não se leva a faca à boca

Mensagens de Ano Novo

Mensagens de Ano NovoO Sector da Pastoral Familiar analisa hoje as várias mensagens de Ano Novo - Bento XVI, Cardeal-Patriarca e Presidente da República - que nos chegaram pela comunicação social. É essencial reflectirmos sobre estas mensagens, dada a importância dos seus conteúdos no reconhecimento do papel da família na construção de um mundo melhor.

Vivemos o Natal, cujo Tempo Litúrgico termina hoje com a Festa do Baptismo do Senhor, mas foi grande o ruído da Leopoldina, Popota e outras personagens que animaram as campanhas publicitárias das cadeias de supermercados. Em detrimento do Presépio, ganham relevância pública outras personagens, imaginadas, criadas e propostas apenas com o objectivo de induzir a comprar. E com a agressividade suficiente para atingir o imaginário das crianças, moldar comportamentos e criar novas necessidades.

Continuar... Mensagens de Ano Novo