PASTORAL DA FAMÍLIA

PATRIARCADO DE LISBOA

RSS Feed Facebook Subscreva a nossa Newsletter Contacte-nos

Contar histórias em Família

Contar histórias em FamíliaContar histórias é importante. Estimula o sentido da partilha e da escuta, pois quem conta dá algo de si e quem escuta é enriquecido por essa partilha.

A tradição oral sempre teve uma importância fundamental em todas as culturas, pois durante séculos foi, e ainda é para muitos, a principal forma de divulgação da sua história, das suas estórias e das suas tradições. Nós cristãos, somos herdeiros de uma vasta tradição oral e escrita, que nos dá a conhecer a história da revelação de Deus. Por exemplo, nos Atos dos Apóstolos lemos que a evangelização consistia no relatar o acontecimento da morte e ressurreição de Cristo. Os santos apóstolos contavam a história da salvação tal como a testemunharam, tocando e convertendo aqueles que a ouviam. Devemos, por isso, preservá-la, e ser também nós contadores de histórias.

 

Uma história bem contada transporta-nos para um cenário e pode fazer-nos sonhar, tremer de medo, rir, chorar... E essas experiências marcam-nos. Recordemos, por exemplo as fábulas de Esopo ou as parábolas de Jesus: cada uma no seu estilo, são histórias que têm o mérito de nos fazer pensar e atualizar para a nossa vida aquela mensagem. Elas edificam-nos e ajudam-nos a aperfeiçoar-nos.

Hoje em dia parece-nos que se dedica pouco tempo a contar historias – não só às crianças, mas também entre os adultos. Sugerimos, por isso, que se aproveite o tempo de verão para retomar este hábito bom e belo, que a todos enriquece.

Publicado na rubrica Familiarmente do Jornal Voz da Verdade de 13 de Julho de 2014

Share

Próximos eventos

06maio
Dom. maio 06, 2018
Dia da Mãe
14maio
Seg. maio 14, 2018
Semana da Vida
15maio
27maio
Dom. maio 27, 2018
Festa Diocesana da Família
31maio
Qui. maio 31, 2018
Dia dos irmãos