PASTORAL DA FAMÍLIA

PATRIARCADO DE LISBOA

RSS Feed Facebook Subscreva a nossa Newsletter Contacte-nos

7 de Maio: Dia da mãe

7 de Maio: Dia da mãe No próximo dia 7 de Maio assinalamos o dia da mãe. Como tal, propomos que na celebração comuntária e em família rezemos por todas as mães.

7 de Maio: Dia da mãe

 

Oração da Sagrada Família

Oração da Sagrada Família

Sagrada Família de Jesus, Maria e José, 
nós vos rogamos que cada Família sinta 
que Deus está verdadeiramente no centro,
e que o está na pessoa de Jesus,
para que possamos com fé 
eliminar barreiras e aproximar as gerações.
Nós vos pedimos que cada membro das nossas famílias 
reconheça a fonte do verdadeiro amor, 
unindo a sua família e as pessoas, 
aproximando cada diferença, cada isolamento, cada
afastamento.

Que sejamos capazes de manifestar ao mundo 
a luz que irradia da Vossa graça
e no Vosso exemplo, sejamos nós luz da verdade para
cada homem,
onde falta a paz, a harmonia e o perdão.

Atendei a nossa humilde súplica, 
Sagrada Família de Jesus, Maria e José, 
por todas as famílias afetadas pela doença, 
pela falta de trabalho, pela discriminação 
ou pela necessidade de emigrar 
e dai-nos o consolo da Vossa presença.

Ámen

3 de Maio: Dia da mãe

3 de Maio: Dia da mãe

No próximo dia 3 de Maio assinalamos o dia da mãe. Como tal, propomos que na celebração comuntária e em família rezemos por todas as mães.

Oração para o dia da mãe

Maria, Mãe de todas as mães,
a ti acorremos como modelo e exemplo
do Sim cheio de afecto e confiança.

Todas as mães desta diocese de Lisboa
te louvam e bendizem porque aceitaste
ser a concretização do plano de Deus
para a salvação da humanidade.

Nós te pedimos, Mãe de Jesus e nossa Mãe,
dá-nos a graça de consagrarmos totalmente a Deus
a dedicação da nossa vontade
e a sinceridade do nosso coração.

Ó Maria, Mãe do Céu,
Ajuda-nos a ensinar aos nossos filhos
o Sim da obediência,
na confiança da fé que lhes transmitimos.

Torna-nos capazes, Mãe querida,
de nunca nos separarmos
do amor de teu Filho, Jesus.

A ti nos confiamos,
para que sejamos dignos das promessas de Cristo.
Ámen

 

Proposta para a vivência em família da Quaresma e Páscoa 2015

Proposta para a vivência em família da Quaresma e Páscoa 2015

Do coração de Deus ao coração da família e do mundo é uma proposta elaborada em conjunto pelo Departamento da Pastoral Familiar e pelo Departamento da Catequese do Patriarcado de Lisboa com o intuito de ajudar as famílias e as comunidades cristãs a viverem o tempo da Quaresma e da Páscoa. No espírito da caminhada sinodal procura-se que as famílias ensaiem experiências que as integrem no «sonho missionário de chegar a todos» a partir da experiência que fazem do amor de Deus e do testemunho que são chamadas a dar desse amor.

Download do guião

Luz da Paz de Belém: Quarta semana do Advento

Luz da Paz de Belém: Quarta semana do AdventoConceberás e darás à luz um Filho, a quem porás o nome de Jesus.

Naquele tempo, o Anjo Gabriel foi enviado por Deus a uma cidade da Galileia chamada Nazaré, a uma Virgem desposada com um homem chamado José, que era descendente de David. O nome da Virgem era Maria.
Tendo entrado onde ela estava, disse o Anjo: «Ave, cheia de graça, o Senhor está contigo». Ela ficou perturbada com estas palavras e pensava que saudação seria aquela.
Disse-lhe o Anjo: «Não temas, Maria, porque encontraste graça diante de Deus. Conceberás e darás à luz um Filho, a quem porás o nome de Jesus. Ele será grande e chamar-Se-á Filho do Altíssimo. O Senhor Deus Lhe dará o trono de seu pai David; reinará eternamente sobre a casa de Jacob, e o seu reinado não terá fim».

Continuar... Luz da Paz de Belém: Quarta semana do Advento

Luz da Paz de Belém: Terceira semana do Advento

Luz da Paz de Belém: Terceira semana do AdventoEle não era a luz, mas veio para dar testemunho da luz

Apareceu um homem enviado por Deus, chamado João. 
Veio como testemunha, para dar testemunho da luz, a fim de que todos acreditassem por meio dele. Ele não era a luz, mas veio para dar testemunho da luz.
 Foi este o testemunho de João, quando os judeus lhe enviaram, de Jerusalém, sacerdotes e levitas, para lhe perguntarem: «Quem és tu?». Ele confessou a verdade e não negou; ele confessou: «Eu não sou o Messias». Eles perguntaram-lhe: «Então, quem és tu? És Elias?». «Não sou», respondeu ele. «És o Profeta?». Ele respondeu: «Não». Disseram-lhe então: «Quem és tu?

Continuar... Luz da Paz de Belém: Terceira semana do Advento

Luz da Paz de Belém: Segunda semana do Advento

Luz da Paz de Belém: Segunda semana do AdventoVou enviar à tua frente o meu mensageiro, que preparará o teu caminho

Início do Evangelho de Jesus Cristo, Filho de Deus. Está escrito no profeta Isaías: «Vou enviar à tua frente o meu mensageiro, que preparará o teu caminho. Uma voz clama no deserto: ‘Preparai o caminho do Senhor, endireitai as suas veredas’». Apareceu João Baptista no deserto, a proclamar um baptismo de penitência para remissão dos pecados. Acorria a ele toda a gente da região da Judeia e todos os habitantes de Jerusalém e eram baptizados por ele no rio Jordão, confessando os seus pecados. João vestia- se de pêlos de camelo, com um cinto de cabedal em volta dos rins, e alimentava-se de gafanhotos e mel silvestre. E, na sua pregação, dizia: «Vai chegar depois de mim quem é mais forte do que eu, diante do qual eu não sou digno de me inclinar para desatar as correias das suas sandálias. Eu baptizo-vos na água, mas Ele baptizar-vos-á no Espírito Santo». (Mc 1, 1-8)

Continuar... Luz da Paz de Belém: Segunda semana do Advento

Luz da Paz de Belém: Primeira semana do Advento

Luz da Paz de Belém: Primeira semana do Advento

O que vos digo a vós, digo-o a todos: Vigiai!

Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos: «Acautelai-vos e vigiai, porque não sabeis quando chegará o momento. Será como um homem que partiu de viagem: ao deixar a sua casa, deu plenos poderes aos seus servos, atribuindo a cada um a sua tarefa, e mandou ao porteiro que vigiasse. Vigiai, portanto, visto que não sabeis quando virá o dono da casa: se à tarde, se à meia-noite, se ao cantar do galo, se de manhãzinha; não se dê o caso que, vindo inesperadamente, vos encontre a dormir. O que vos digo a vós, digo-o a todos: Vigiai!». (Mc 13, 33-37)

Continuar... Luz da Paz de Belém: Primeira semana do Advento